sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

FAZ QUALQUER COISA PELA TUA TERRA 2

Caros leitores do Blog!
Para pudermos levar por diante esta iniciativa temos de nos unir fortemente e tentar fazer com que muito mais gente assine esta petição online.
Podemos pedir aos nosso pais, filhos, avós, tios, primos e amigos para aderirem a esta causa e tentar tocar ao coração dos responsáveis autárquicos para que façam qualquer coisa.
Mesmo aquelas pessoas que raramente frequentam a localidade, se esta tiver mais condições decerto que os vossos filhos/netos irão querer permanecer mais tempo.
Passem e repassem esta mensagem a todos que o blog encarrega-se de fazer a petição chegar à autarquia.
Só para os que ainda não assinaram...
Clicam em cima da frase "FAZ QUALQUER COISA PELA TUA TERRA" que está duas mensagens abaixo e seguem as instruções do link, vão ver que não custa nada e a perda de tempo é irrelevante.
OBRIGADO!

7 comentários:

n.elisiário disse...

eu da minha parte já pedi ao pessoal que conheço, é todos fazermos o mesmo e verno que dá

Anónimo disse...

woogeFAZ QUALQUER COISA PELA TUA TERRA"Como base tem a sociedade e campo de jogos.A sociedade é pertença do povo de vales mortos ,pelo que tem por nome sociedade recreativa de vales mortos e não sociedade municipal:é tempo do povo se juntar e junto com a direcção organizar bailes festas etc.para se arranjar o telhado e outras obras que precise é assim em todo o lado. .Campos de Jogos:quem passa como eu ao fim de semana a caminho da mina e para para beber uma bojeca e o que vê são pessoas de idade já avançada jogando ao chito e ás cartas,jovens onde param!?raramente os vejos e não mais de 4 ou 5.pelo que em condições de crise não se justifica um esforço económico para depois ficar ás moscas como outros que se vêm por ai como alguns em beja e é na cidade C/Do DEST.Já agora tratem de se associarem na vossa colectividade e mãos á obra.

Anónimo disse...

este foi o melhor comentário que li até agora, pedir a outros que façam o nosso trabalho só ai em vales mortos,este amigo pôs o dedo na ferida pois já é tempo dos que têm saude subirem ao telhado e tirar as goteiras para não "chover como na rua".já lá estive em dias de chuva e não vi tais chuvadas na sociedade e como se lê no c/.a sociedade é recreativa e cultural pelo menos de nome e se não tem actividade é porque o zé/povinho não quer é mais fácil criticar e jogar as culpas para os outros,pois quando nem são socios e se está de costas viradas para o que é de todos não se vai a lado nenhum a aldeia não é perdida só a perde quem quer.

Anónimo disse...

QUEM LAVROU O CAMPO ONDE SE DAVA OS CHUTOS NA BOLA1'-FOI A CAMARA'.

shorty disse...

Tive uns dias sem NET, ainda não tinha tido tempo de ler estes comentários. Quem acha que esta terra só tem pessoas de idade decerto não se enganará, só que ainda há bem pouco tempo quando a sociedade estava em boas condições e havia uma zona de terra para darmos uns chutos na bola, pelo menos nas férias escolares havia bastante miudagem pela aldeia. Por mim falo agora os meus filhotes não querem parar por aí muito tempo com pouco mais para fazer alem de andar de bicicleta. Só com a união da população para se criarem algumas pequenas infraestruturas e actividades, se pode fazer com que premaneçam pessoas na localidade, nem que sejam só aos fins de semana. Devido à má gestão territorial que tem vindo a acontecer ao longo dos anos no nosso país, não podemos esperar que os mais novos fiquem por aí para não terem grandes condições de futuro, mas se forem criadas e consolidadas algumas condições faz-se com as pessoas se desloquem com mais frequência à terra dos seus familiares e ganhem raizes para que voltem sempre.
Para que isto tudo aconteça é melhor lançarmos mãos à obra e menos critica àqueles que tentam fazer algo em prol das populações, para isso já temos os nossos politicos...

Susana disse...

Já há muito que ando distante das noticias do blog mas quem sabe ainda vá a tempo de comentar esta "nota" de forma a ainda ser lida!!!

Creio que a solução mais facil e imediata será utilizar o dinheiro angariado pelas comissões de festas, dado que ele não é transmissivel de comissão para comissão, deveria ser utilizado para beneficio da população, o que se aplica a este caso concreto. No banco não beneficia "ninguem"...

Anónimo disse...

quem vive o dia adia perto ou em vales mortos sabe que ao sabado e domingo crianças nem vê-las.uym campo de jogos !?com relvado sintéctico ou original,é triste mas dá para rir.pensem mas é arranjar o telhado da sociedade que é vossa e não da camara,joguem-se ao trabalho e tirem esse befe das cadewiras da esplanada.o tónio da serra ew alguns anónimos só têm má lingua e ignorância.